*** ATENÇÃO ATIVISTAS DE BRASÍLIA E REGIÃO ***

ATO DE REPÚDIO À
APROVAÇÃO DA LEI AROUCA




Quando: 18 de setembro, pontualmente às 10 horas.

Onde: Concentração na Esplanada dos Ministérios, em frente ao prédio do Ministério sa Saúde. Esse é o local da concentração, o ato será em local próximo.

Por que: para protestar contra a falta de democracia e a influência dos interesses da indústria na aprovação de leis que agridem saúde humana e os direitos animais.

Natureza do ato:
O ato é pacífico. Iremos exibir, em um grande varal, as 23 mil assinaturas que pedem a não aprovação da Lei Arouca, as quais foram ignoradas pela Câmara e pelo Senado em todas as tentativas de contato.

Quem vai: Todo ativista que compartilhe da nossa indignação e deseje tornar útil a sua voz.

O que levar: Será fornecido todo o material necessário. Traga apenas a si mesmo e a sua indignação.

O que vestir:
Estaremos vestidos de preto, como símbolo de luto pelos milhões de animais cujo assassínio está agora protegido por lei. Se você tiver a camiseta preta do VEDDAS, isso trará uniformidade ao protesto. Se não a tiver, ela estará disponível para venda no local ou você pode usar qualquer camiseta preta.

Quem organiza: O ato é organizado pelo VEDDAS (Vegetarianismo Ético, Defesa dos Direitos Animais e Sociedade) grupo baseado em São Paulo que faz campanha desde 2007 contra a aprovação da Lei Arouca.

Mais informações sobre a campanha: http://veddaspl1153.blogspot.com

Proteste! Compareça!
Una a sua voz à nossa pela conquista dos direitos animais!






Pela não votação do PL 1.153/95



"Nós abaixo-assinados servimo-nos do presente para requerer ao Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara dos Deputados, Dr. Arlindo Chinaglia, que, neste momento, não seja colocado em votação o PL 1.153/95, sobre a regulamentação da experimentação animal no país. É primordial que, para tal mister, por uma questão de adequação de fatos, valores e norma (Direito), haja um democrático debate não apenas entre a comunidade científica, mas também entre toda a sociedade e seus respectivos setores de interesse na citada questão, o que até então não houve, atentando-se especialmente às questões atinentes a normas basilares ambientais expressas em nossa Constituição Federal (artigo 225, § 1º, VII - vedando-se práticas cruéis contra os animais não humanos), bem como se harmonizando o verdadeiro e real progresso científico e o desenvolvimento de valores éticos a toda e qualquer forma de vida, conduzindo o país ao desenvolvimento de fato e não meramente especulativo e fictício, bem como se possibilitando a tão almejada e desejada gestão política e legislativa participativa."

Assine a Petição

2 comentários:

DJ Carlos Waitt disse...

Como se já não fosse suficiente todas as atrocidades cometidas contra os animais dentro (e fora) dos matadouros (sejam esses clandestinos ou regularizados), agora querem aprovar e tornar constitucional um método de tortura? É impressionante o que acontece no Brasil...

Angeli disse...

Assinado =)